domingo, 28 de maio de 2017

Intestino preso: o que fazer?

Intestino preso é um problema muito comum em crianças com deficiência motora.
Isso acontece por diversos motivos, como ingestão insuficiente de água, alimentação pobre em fibras (principalmente quando os alimentos são batidos) e pouca movimentação física.
Algumas dicas ajudam a minimizar o problema:
• fazer terapia diariamente ajuda na circulação sanguínea e no funcionamento intestinal;
• ficar em pé com o uso de parapodium ou utilizar um andador, também ajudam muito, principalmente quando a criança utiliza em vários momentos durante o dia (quando há indicação);
• bandagem terapêutica colocada na barriga em posição estratégica;
• alguns alimentos, como brócolis, couve-flor, mamão, abóbora, ameixa e kiwi, ajudam a soltar o intestino.
• alimentos ricos em carboidratos, farinhas e alimentos industrializados podem contribuir para a prisão de ventre;
• se possível, não bata os alimentos em mixer ou liquidificador, o ideal é amassar com o garfo ou passar pela peneira;
• consumo alto de fibras sem ingestão de água também pode prender o intestino!
• a massagem abdominal também pode ajudar. Ela deve ser feita na região logo abaixo do umbigo, no sentido da direita para a esquerda, fazendo um movimento de pressão como se estivesse empurrando as fezes para o lado esquerdo. Quando chegar perto do osso do quadril do lado esquerdo, deve-se realizar a massagem, a partir deste ponto, no sentido para baixo em direção à virilha.
O intestino preso pode deixar a criança irritada, chorosa, com tendência a comer menos e a dormir mal. É importante falar com o gastropediatra e com um nutricionista para que problemas mais sérios sejam descartados e orientações específicas sejam recebidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...