domingo, 11 de setembro de 2016

O Atletismo Paralímpico


O Atletismo Brasileiro está dando um show na Paralimpíada, não é mesmo?!
Você sabe como é feita a divisão entre as deficiências e como acontecem as provas? Está tudo aqui bem explicadinho!
Quando? 8 a 18 de setembro
Onde? Engenhão e Forte de Copacabana (maratonas)
O programa de competições é parecido com o dos Jogos Olímpicos. Na pista, os atletas correm distâncias que variam de 100 a 5000 metros; e, no campo, acontecem as disputas de saltos, lançamentos e arremessos. No último dia do calendário de disputas, há as maratonas. Todas as provas são seguidas de um código, com uma letra - que dizem se a disputa acontece na pista (T, do inglês track) ou no campo (F, de field) - e um número, que indica o grau de deficiência do competidor:
- 11 a 13 - deficientes visuais
- 20 - deficientes intelectuais
- 31 a 34 - paralisia cerebral (cadeirantes)
- 35 a 38 - paralisia cerebral (andantes)
- 40 - anões
- 41 a 47 - amputados e outros
- 51 a 57 - competem em cadeiras de rodas (sequelas de poliomielite, lesões musculares e amputações)
A maratona é dividida em cinco categorias, sendo três classes masculinas (T12, T46 e T54) e duas femininas (T12 e T54).
Compartilhe! Ajude a divulgar o esporte paralímpico!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...