quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Pai cursou faculdade de jornalismo ao lado do filho com paralisia cerebral para ajudá-lo a se formar



 Manuel Joaquim Condez, de São Paulo, é um grande exemplo de amor incondicional de pai para filho. Além de sempre estar envolvido na criação e nos cuidados do filho Marco Aurélio, de 27 anos, que tem paralisia cerebral desde que nasceu, ele ainda dedicou quatro anos de sua aposentadoria para acompanhar o filho nas aulas da faculdade, ajudando-o a realizar o grande sonho de se tornar jornalista.

Marco Aurélio tem disfunção dos braços e das pernas e por isso sempre precisou de um acompanhante durante as aulas. Nos tempos de escola foi preciso contratar os serviços de acompanhantes profissionais, pois a instituição não autorizou a presença do pai durante as aulas. Já na faculdade, Manuel pôde finalmente acompanhar o filho em sala de aula, ajudando-o a superar suas limitações físicas e estudar.

Juntamente com Manuel, toda a família sempre ofereceu apoio irrestrito ao jovem. E com muita determinação, dedicação e com a ajuda especial do pai, Marco Aurélio superou os obstáculos e obteve o diploma da faculdade.

Apesar dos receios iniciais de como seria a experiência de estarem juntos em sala de aula, o pai conta que os dois foram bem aceitos por colegas e professores, que o trataram como um colega de sala e não como o pai do Marco.
O filho também afirma que a postura do pai de sempre apoiá-lo e respeitar suas decisões foi importante para seu sucesso no curso. “Quando eu tinha dúvidas, meu pai opinava, mas a decisão final era sempre minha. Ele nunca interferiu e nem interfere nas minhas escolhas”.


O exemplo de amor, determinação e superação de pai e filho conquistou colegas e professores, que ofereceram todo apoio à dupla ao longo do curso e deram confiança a Marco para concluir a graduação.

O rapaz lembra que a ajuda que recebeu e ainda recebe de Manuel não se limita apenas à parte física, mas também emocional. “Ele é fundamental para que eu supere os obstáculos, me dá força e me incentiva. Me faz sentir como se eu pudesse fazer tudo. Sou muito grato a ele por toda a sua dedicação, pois eu não teria condições de cursar a faculdade sem a presença de um acompanhante. Em casa, ele me dá banho, me veste e faz tudo que exige força física de mim. Já na faculdade, ele foi minhas mãos”.

Agora Marco enfrenta novos desafios. Está em busca de ingressar no mercado de trabalho para exercer a profissão em que se formou, o não é fácil para nenhum jovem recém-formado. “Hoje escrevo para o meu blog pessoal, onde faço comentários e análises sobre assuntos ligados ao futebol. Ainda não sei de que forma, mas pretendo trabalhar”, revela.




Manuel segue ao lado do filho, o apoiando e encorajando de todas as formas possíveis em busca das novas conquistas. “Espero que meu filho tenha uma ocupação que preencha sua vida. Ele quer ser reconhecido pelo seu trabalho e não pela sua condição física”.

Um belo exemplo para nos inspirar nesse Dia dos Pais, e para lembrarmos todos os pais que se fazem presentes na vida de seus filhos, acreditando, apoiando e lutando em busca de sua realização.

Fonte: Site Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...