sexta-feira, 21 de junho de 2013

Coleção Terapia infantil fala sobre autoestima para crianças



"Terapia Infantil" é uma série de literatura infanto-juvenil que aborda várias questões difíceis do cotidiano das crianças. Com leveza e simplicidade, diversos autores falam sobre assuntos como medo, baixa autoestima, perdão, tristeza, morte, amizade, entre outros, situações que muitas vezes rondam as cabecinhas dos pequenos, mas que nem sempre eles conseguem verbalizar e pedir ajuda.


"Gosto de Ser Como Eu Sou" e "Seja a Estrela Que Você É!", por exemplo tratam de autoestima da criança, mostrando que não há problemas em sentir-se diferente, que cada um tem seus talentos, é importante e especial. "Cada criança no mundo é especial, talentosa e maravilhosa. E cada uma tem o direito de sentir-se feliz por existir", afirmam os autores.

Outros títulos falam sobre mudanças comuns na vida que podem trazer insegurança aos pequenos, como o nascimento de um irmãozinho ou a mudança de cidade. 

Também são abordadas situações difíceis como doenças e perdas em títulos como "Quando Alguém Que Você Ama Está com Câncer", "Quando coisas ruins acontecem", "Quando seu animal de estimação morre" e "Ficar triste não é ruim", que fala sobre a perda de pessoas que amamos. 

Publicado no Brasil pela Editora Paulus, o material é mais um recurso para pais e professores, um ponto de partida para propor às crianças diálogos e reflexões importantes para sua autoestima e amadurecimento emocional.

Veja abaixo alguns dos títulos da coleção:



Gosto de ser como sou (Christine A. Adams, Ed. Paulus): Ajudar as crianças a desenvolverem uma boa autoestima significa ajudá-las a serem elas mesmas, significa deixá-las saber o quanto são amadas e estimadas, justamente porque são quem são. Cada criança no mundo é especial, talentosa e maravilhosa. E cada uma tem o direito de sentir-se feliz por existir. De maneira honesta e otimista, este livro traz um entendimento genuíno sobre o processo de amar a si próprio.





Seja a Estrela que você é! Um Livro para Crianças Que Se Sentem Diferentes (Susan Heyboer O`keefe, Ed. Paulus)Crianças sentem-se "diferentes" por muitas razões. Infelizmente, em um mundo focado na aparência externa, nos talentos visíveis, no físico ideal, crianças podem começar a ver as diferenças como causa de vergonha. Os adultos conhecem esses sentimentos, e ao mesmo tempo, devem mostrar às crianças que as características que as diferenciam das outras tornam cada uma única no mundo. Com a ajuda dos vivazes elfos deste livro, você pode encorajar seu filho a aceitar, valorizar e celebrar as diferenças que existem entre nós.



Ficar triste não é ruim - Como uma criança pode enfrentar uma situação de perda (Michaelene Mundy, Ed. Paulus): Crianças que perderam uma pessoa amada dispõem de um guia reconfortante e amoroso - escrito por uma especialista - para ajudá-las a lidar com a perda. Ficar Triste não é Ruim oferece às crianças de todas as idades (e às pessoas que as amam e orientam) uma visão realista e confortadora da perda - cheia de estímulos positivos para lidar com a perda na infância. A obra promove um sentimento de pesar honesto e sadio e de crescimento.




Divirta-se com Segurança - Um Manual de Segurança para que as Crianças Permaneçam Saudáveis, Felizes e Seguras (J. S. Jackson, Ed. Paulus): mostra às crianças diversos acontecimentos do dia a dia que exemplificam sua fragilidade e mostram a importância de se seguir as orientações dadas por pais, professores e adultos em quem confiam. Tomar cuidado com os objetos da cozinha, encarar com segurança as provocações de outras crianças na escola e não abrir a porta para estranhos são algumas indicações destacadas pelo autor.  O livro também aborda situações ainda mais sérias, chamando a atenção do leitor sobre a diferença entre os toques naturais (aperto de mão entre amigos e um abraço gostoso da mãe) e os toques que fazem mal, que são aqueles que ultrapassam o limite de sua intimidade.



Um comentário:

  1. Como comprar esses exemplares, adorei para a minha filha poder ler, ela tem 16 anos e DI, acho que seria bom.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...