quarta-feira, 20 de março de 2013

Dia 21 de março: celebrando a vida das pessoas com Síndrome de Down!


O Dia Internacional da Síndrome de Down é comemorado em 21 de março, para lembrar as conquistas e lutas pelos direitos das pessoas que nascem com essa síndrome.

A Síndrome de Down (SD) é um conjunto de expressões fenotípicas resultantes da trissomia do cromossomo 21, (por isso a escolha do dia 21/03). Isso quer dizer que pessoa possui 3 e não 2 cromossomos no lócus 21, como seria previsto. Esse é um evento genético natural e universal, presente em todas as etnias e classes sociais, e costuma aparecer na proporção de 1 criança com SD a cada 700 nascimentos. Como todas as pessoas possuem um par de 23 cromossomos, 46 no total, e as com síndrome de Down possuem 47, esse cromossomo a mais também têm sido carinhosamente chamado de cromossomo do amor, por diversas associações voltadas para os direitos das pessoas com a SD. 


As crianças com a SD precisam ser estimuladas desde o nascimento, para que tenham maiores condições de vencer as limitações que surgem naturalmente por sua condição genética. Como têm necessidades específicas de saúde e aprendizagem, exigem uma maior assistência multidisciplinar, em que a estimulação por meio da fisioterapia e fonoaudiologia são muito importantes. 

Mas o preconceito e a discriminação ainda são os maiores desafios dos portadores da síndrome. O fato de apresentarem características físicas e intelectuais típicas, necessitando de maiores cuidados no seu desenvolvimento,  não significa que tenham menos direitos ou mereçam menos oportunidades. Cada vez mais, pais, profissionais da saúde e educadores têm lutado contra todas as restrições impostas a essas crianças e têm, junto com elas, conquistado grandes vitórias.

Não existem limites para estas pessoas, e elas têm superado incontáveis barreiras, atingindo importantes etapas da vida, como cursar faculdade, namorar, casar e adquirir maior independência, morando sozinhos e trabalhando em diversas áreas. Muitos têm ainda protagonizado filmes, novelas, escrito livros e se destacado em diversos esportes, superando limites que por muitos anos lhes foram impostos. 

Porém, o mais importante, além da estimulação, é que a família busque uma vida normal e feliz com seu filho. Como todas as outras, essa criança precisa principalmente de carinho, aceitação, cuidados com a sua saúde e um ambiente acolhedor para que cresçam felizes.



* O Dia Internacional da Síndrome de Down foi criado em 2006, e incorporado ao Calendário Oficial da ONU em 2012, com importante participação do Brasil. Um grupo de jovens com a SD foi pessoalmente a ONU representar o País na Conferência que celebrou a inclusão da data no calendário oficial da organização, onde também apresentaram o livro Acessibilidade, de sua autoria. Veja neste link uma entrevista onde eles falam sobre sua realidade, seus projetos e vitórias.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...