quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

12 dicas para cuidadores também se cuidarem




Para quem cuida de um familiar idoso, de uma pessoa portadora de deficiência ou em outra situação que exija cuidados permanentes, muitas vezes o dia parece ter mais que 24 horas e a semana, mais que sete dias! Sábado, domingo ou feriado, inverno ou verão, o cuidador familiar está sempre envolvido em oferecer conforto e bem-estar à pessoa que é cuidada. 

Cuidar de alguém envolve uma grande responsabilidade. Esperança, fé, paciência, força de vontade, além de muito amor e carinho precisam fazem parte do dia a dia de um cuidador. Mas também existem desafios, dias difíceis, imprevistos, frustrações e cansaço. Por isso, é muito importante que a pessoa que cuida de alguém leve a sério a necessidade de cuidar de si mesma. Só assim ela estará bem abastecida física e emocionalmente para poder cuidar do outro.


Cuidar de suas próprias necessidades é tão importante quanto cuidar de outra pessoa. Veja abaixo 12 dicas para melhorar a qualidade de vida de quem é um cuidador familiar.

1. Cuide de si mesmo 

Você não conseguirá cuidar bem de outra pessoa, se você estiver doente ou esgotado(a). 

2. Tenha um estilo de vida saudável

Faça exercícios, se alimente bem, não pule refeições, beba bastante líquido.

3. Cuide da sua saúde

Faça suas visitas ao médico regularmente e faça seus exames de rotina. Arranje tempo para cuidar também da sua saúde, tanto física quanto emocional.

4. Planeje o seu dia

Escolha o período em que tem mais energia e deixe para estes horários as tarefas de maior responsabilidade ou que exijam maior criatividade. 

5. Planeje sua semana

Não dá para ficar trabalhando 24 horas por dia e sete dias por semana. Defina uma lista com as prioridades do dia e faça uma agenda para realizar as tarefas pendentes. 

6. Tenha equilíbrio 

Esforce-se para alcançar o equilíbrio em sua vida. Lembre-se de pedir ajuda. Nenhum cuidador é insubstituível. Outras pessoas podem aprender a lhe ajudar, para aliviar sua rotina. 

7. Divida tarefas

Rodizie os cuidados com outros membros da família (ou outro cuidador) para que você possa ter um tempo para também descansar.  Converse sobre as possibilidades que as outras pessoas têm para cuidar: qual dia, horário, quanto tempo. Para que assim a pessoa disposta a ajudar se comprometa no auxílio do cuidado.

8. Procure ajuda

Procure serviços de apoio em sua comunidade. Participe de grupos de cuidadores ou outros grupos de apoio psicológico ou espiritual. Conversar sobre as dificuldades do dia a dia, desabafar e trocar experiências com outras pessoas nos ajuda a perceber que não estamos sozinhos e nos traz novas forças. 

9. Tenha momentos de lazer

Procure relaxar e fazer coisas diferentes. Sempre que possível, aprenda uma atividade nova, leia um livro novo, veja um bom filme. Passe tempo com sua família e saia com os amigos. Repor as forças é mais do que apenas descansar fisicamente.

10. Crie uma rede de apoio

Crie uma lista com o nome e telefone de amigos dispostos a ajudar, familiares e profissionais. Não hesite em pedir ajuda. Você não está sozinho!

11. Busque informação

Busque saber tudo o que for possível sobre o problema da pessoa que você está cuidando: qual o prognóstico, quais habilidades podem melhorar, quais condições serão permanentes e o que pode piorar. Isso ajudará a estar preparado e também trabalhar suas expectativas.

12. Seja positivo


Estimule sempre a autonomia possível de quem você cuida, converse, incentive, seja positivo e busque momentos felizes!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...