domingo, 22 de maio de 2011

A REEDUCAÇÃO POSTURAL GLOBAL - RPG

A Fisioterapia, desde o seu nascimento, fez progressos enormes na compreensão da fisiologia do movimento, da coordenação motora etc., o que afirmou sua reputação.

O mesmo não aconteceu, a meu ver, no que concerne a função estática. Nossa morfologia, seja ela boa ou má, depende da tonicidade e da resistência fibro-elástica de músculos cuja função é predominantemente estática, e isto, independente de qualquer contração.

Esta vocação se exerce em três direções fundamentais: a ereção, que é assegurada principalmente por músculos extensores (espinhais, por exemplo); a suspensão (do tórax pelos escalenos, os intercostais etc.); e a manutenção dos segmentos ósseos no eixo, em abdução-adução, flexão-extensão e rotação.

É assim que um encurtamento dos adutores do fêmur provoca um genuvalgo, ou que um desequilíbrio de tensões recíprocas dos espinhais fixa a escoliose. Isto traduz toda a importância dos três aspectos da função estática.

A segunda originalidade da RPG é afirmar sem trégua que a fisiopatologia dos músculos da estática é a hipertonia, a rigidez e o encurtamento (exceção feita, bem entendido, às patologias neurológicas flácidas).

O papel tônico fundamental desses músculos na manutenção da nossa posição ereta, ao qual é preciso adicionar sua função contrátil nos movimentos, proíbe-os de relaxar-se, o que não acontece com os músculos dinâmicos, de atividade ocasional, como os abdominais, por exemplo.

Ora, desde sempre nossa profissão esteve obcecada pela noção de fraqueza muscular e, portanto, pela necessidade de exercícios de fortalecimento.

Não me parece lógico fazer musculação concêntrica - e assim encurtá-los ainda mais - de músculos já enrijecidos pelo exercício repetitivo de suas funções.

Entretanto, a hipertonia, a rigidez e o encurtamento são, na verdade, uma fraqueza. pois um músculo é um elástico vivo e, se ele se enrijece, a pré-tensão, que deve preceder sua contração, fica reduzida, o corpo se deforma, os movimentos são freiados. Um músculo rígido é, então, um músculo fraco, do mesmo modo que os abdominais relaxados de um obeso. O que equivale a dizer que, se um anoréxico é fraco, um pletórico também o é.

Porém, seria correto tratá-los da mesma maneira? Evidentemente, não.

Em RPG, todos os exercícios aplicados aos músculos da estática se fazem em alongamento. Pode-se imaginar a que ponto isto gerou polêmicas nos anos 80 e como, ainda hoje, representa uma atualidade revolucionária, tão difícil é mudar os hábitos.

O terceiro ponto fundamental é que nossos músculos são organizados em forma de "cadeias musculares". A expressão satisfaz-me medianamente, pois ela é freqüentemente utilizada e interpretada erroneamente. Na realidade, para satisfazer às exigências da coordenação estática ou motora, nossos músculos não podem agir isoladamente. Como um jogador de futebol, por mais talentoso que seja, não pode jogar ignorando seus companheiros de equipe.

Mas esta noção de "cadeias musculares" é prática, para fazer facilmente compreender que um alongamento analítico, de um só músculo da cadeia, se transmitirá automaticamente e se perderá, sob forma de compensação, em um ponto qualquer da cadeia à qual ele pertence. É preciso então, para ser eficaz, proceder a um alongamento total da cadeia muscular. Daí a expressão Reeducação Postural GLOBAL .

Como me foi possível identificar essas cadeias? Graças à noção de hegemonia funcional. Certas funções estáticas são mais difíceis de assegurar do que outras, o que determina a necessidade de músculos mais numerosos, mais volumosos e mais tônicos. Assim são os extensores, os adutores e os rotadores internos, por exemplo.

Sua identificação permitiu-me elaborar posturas de estiramento global desses grupos musculares hegemônicos ligados entre si pela necessidade de coordenação estática.

Como todos os métodos (e contrariamente às técnicas), a RPG tem bases neurológicas. Trata-se de um método proprioceptivo de inibição, o que significa que nossa especialidade é a de liberar o "freio de mão", para permitir ao carro avançar convenientemente outra vez.

Morfologia e movimento são indissociáveis. A retração dos músculos tônicos hegemônicos afeta um e outro, e a RPG procura remediar este inconveniente honestamente.

A RPG se aplica aos casos ortopédicos, pós-traumáticos, respiratórios, reumatológicos, neurológicos espásticos, e em todos os casos onde esteja indicada fisioterapia.

Philipe SOUCHARD - Autor do método

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...